Cancro da próstata: causas, sintomas, tratamento e prevenção

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

O cancro da próstata é uma das neoplasias malignas mais comuns em homens, especialmente em idades avançadas.

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino responsável pela produção de parte do líquido seminal que protege, nutre e transporta os espermatozoides. Localizada abaixo da bexiga, a próstata envolve a uretra, o tubo que transporta a urina para fora do corpo. Quando as células prostáticas começam a crescer de forma descontrolada, podem originar tumores malignos.

Causas do Cancro da próstata

Ainda que a causa exacta do cancro da próstata não seja totalmente conhecida, existem vários factores de risco associados:

Sintomas do Cancro da próstata

Muitos homens com cancro da próstata não apresentam sintomas, especialmente nas fases iniciais. No entanto, quando presentes, os sintomas podem incluir:

É crucial entender que muitos destes sintomas podem ser causados por outras condições, como a Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP) ou a Prostatite.

Diagnóstico do Cancro da próstata

O diagnóstico precoce é fundamental. Os métodos mais comuns são:

Tratamento do Cancro da próstata

O tratamento varia de acordo com o estágio do cancro, idade do paciente e outras considerações de saúde:

Prevenção do Cancro da próstata

Embora não seja possível prevenir completamente o cancro da próstata, algumas medidas podem reduzir o risco:

Complicações e sequelas do Cancro da próstata

Quando não tratado adequadamente, o cancro da próstata pode metastizar para outros órgãos. As sequelas do tratamento, como incontinência urinária e disfunção eréctil, também podem ocorrer.

Perguntas frequentes

A frequência de relações sexuais aumenta o risco de cancro da próstata?

Estudos sugerem que uma vida sexual activa pode reduzir o risco, mas as evidências não são conclusivas.

Que impacto tem o cancro da próstata na vida sexual?

Alguns tratamentos para o cancro da próstata podem afetar a função eréctil e a libido, mas existem abordagens para gerir e tratar estes efeitos secundários.

A fertilidade e o risco de cancro da próstata estão relacionados?

Não há evidências sólidas que liguem diretamente a fertilidade ao cancro da próstata, mas alterações no esperma podem ser um indicador de saúde geral.

A vasectomia aumenta o risco de cancro da próstata?

Estudos não encontraram uma ligação directa entre vasectomia e um aumento significativo no risco de cancro da próstata.

Existe alguma ligação entre o cancro da próstata e o consumo de leite ou derivados?

Alguns estudos apontam para uma possível ligação entre consumo elevado de cálcio (proveniente do leite) e maior risco de cancro da próstata, mas a relação não é definitiva.

Qual a diferença entre cancro da próstata e hiperplasia benigna da próstata?

A hiperplasia benigna da próstata (HBP) é um aumento não cancerígeno da próstata e é comum em homens mais velhos. Embora ambos possam causar sintomas semelhantes relacionados com a micção, a HBP não é maligna nem leva ao cancro da próstata.

É possível ter cancro da próstata após a remoção da próstata?

Após uma prostatectomia total, não é possível desenvolver cancro na próstata, pois a glândula é removida. No entanto, se algumas células cancerígenas se tiverem espalhado antes da cirurgia, existe o risco de recorrência noutros locais.

Qual a função da próstata?

Localizada abaixo da bexiga envolvendo a uretra, a próstata produz um fluido que protege e nutre os espermatozoides no sémen, tornando-o mais líquido.

Existem diferentes tipos de cancro da próstata?

O tipo mais comum é o adenocarcinoma, que tem origem nas células glandulares. Existem outros tipos mais raros, como carcinomas de células escamosas e carcinomas de células de transição.

Que profissionais de saúde devo consultar sobre o cancro da próstata?

Um urologista é o especialista indicado para avaliar, diagnosticar e tratar questões relacionadas com a próstata.

Cancro

Última atualização: