Uretrite: causas, sintomas, tratamento e prevenção

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

A uretrite caracteriza-se pela inflamação da uretra, o canal que transporta a urina da bexiga para o exterior do corpo. Esta inflamação é, normalmente, provocada por uma infecção bacteriana ou viral e provoca diversos sintomas desconfortáveis.

Causas da Uretrite

A infecção, especialmente por doenças sexualmente transmissíveis (DST), é a causa mais frequente da uretrite. A clamídia e a gonorreia são particularmente notáveis, sendo esta última responsável pela uretrite gonocócica. Além disso, vírus como o herpes simplex também podem causar a uretrite. Existem ainda situações em que a inflamação não está associada a DST, denominadas uretrite não gonocócica.

A uretrite gonocócica é provocada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae, transmitida através de relações sexuais desprotegidas. Por outro lado, a uretrite não gonocócica pode ser originada por outros microorganismos, como o Mycoplasma genitalium, ou até mesmo por danos mecânicos, como a utilização prolongada de cateteres ou a prática de relações sexuais vigorosas.

Sintomas da Uretrite

Os sintomas da uretrite podem variar consoante o sexo do paciente e a causa da inflamação. Nos homens, os sintomas comuns incluem dor ou ardor ao urinar, necessidade frequente de urinar e presença de corrimento uretral. Nas mulheres, os sintomas são, muitas vezes, mais difíceis de identificar, mas podem incluir dor durante a relação sexual e alterações no odor ou na quantidade de corrimento vaginal.

Diagnóstico da Uretrite

O diagnóstico da uretrite é feito através de um exame físico e da análise de amostras de urina ou de corrimento uretral. Em alguns casos, pode ser necessária uma cistoscopia, procedimento que permite ao médico examinar o interior da uretra e da bexiga.

Tratamento da Uretrite

O tratamento para a uretrite envolve normalmente a toma de antibióticos para eliminar a infecção. O tipo de antibiótico e a duração do tratamento dependem da causa da inflamação. É essencial que os pacientes completem o tratamento prescrito para evitar o reaparecimento da infecção e possíveis complicações.

Prevenção da Uretrite

A prevenção da uretrite passa sobretudo pela prática de sexo seguro, com a utilização de preservativos. Além disso, é importante realizar exames regulares para detetar DST, especialmente em indivíduos sexualmente activos com múltiplos parceiros.

Complicações e Sequelas da Uretrite

Se não for tratada, a uretrite pode levar a complicações graves, como a estenose uretral, uma situação em que a uretra se estreita, dificultando a passagem de urina. Outras possíveis complicações incluem a epididimite nos homens e a doença inflamatória pélvica nas mulheres. Para além disso, a infecção pode alastrar-se para outros órgãos, como os rins.

Perguntas Frequentes

O que é a uretrite?

A uretrite é uma inflamação da uretra, o canal que transporta a urina da bexiga para fora do corpo. Normalmente, esta inflamação é causada por uma infecção bacteriana ou viral.

Quais são as principais causas da uretrite?

A causa mais frequente da uretrite é a infecção, principalmente por doenças sexualmente transmissíveis como a clamídia e a gonorreia. Danos mecânicos, como o uso prolongado de cateteres ou a prática de relações sexuais vigorosas, podem também provocar a uretrite.

Como se diferenciam a uretrite gonocócica e a não gonocócica?

A uretrite gonocócica é provocada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae, transmitida através de relações sexuais desprotegidas. A uretrite não gonocócica pode ser originada por outros microorganismos ou por danos mecânicos.

Quais são os sintomas da uretrite?

Os sintomas da uretrite podem incluir dor ou ardor ao urinar, necessidade frequente de urinar e presença de corrimento uretral nos homens ou vaginal nas mulheres.

Como é diagnosticada a uretrite?

O diagnóstico da uretrite é feito através de um exame físico e da análise de amostras de urina ou de corrimento uretral. Em alguns casos, pode ser necessária uma cistoscopia.

Qual é o tratamento para a uretrite?

O tratamento para a uretrite envolve normalmente a toma de antibióticos para eliminar a infecção. O tipo de antibiótico e a duração do tratamento dependem da causa da inflamação.

Como pode ser prevenida a uretrite?

A prevenção da uretrite passa sobretudo pela prática de sexo seguro, com a utilização de preservativos, e pela realização de exames regulares para detetar DSTs.

Quais são as possíveis complicações da uretrite?

Se não for tratada, a uretrite pode levar a complicações graves, como a estenose uretral, a epididimite nos homens e a doença inflamatória pélvica nas mulheres. A infecção pode ainda alastrar-se para outros órgãos, como os rins.

Quem está mais em risco de contrair a uretrite?

Indivíduos sexualmente activos, especialmente aqueles com múltiplos parceiros e que não utilizam preservativos, estão em maior risco de contrair a uretrite.

É possível ter a uretrite sem sentir sintomas?

Sim, é possível ter a uretrite e não apresentar sintomas, principalmente nas mulheres. Esta situação, chamada de uretrite assintomática, pode levar a complicações se não for tratada, pois a pessoa pode não estar ciente de que tem a condição e, por isso, não procurar tratamento.

Doenças sexualmente trasmissíveis (DST)

Última atualização:

Clamídia: causas, sintomas, tratamento e prevenção

A clamídia é uma infecção sexualmente transmissível (IST) causada pela bactéria Chlamydia trachomatis. Esta condição, mais comum em jovens sexualmente ativos, é notória pela sua natureza “silenciosa”, pois muitas pessoas infectadas não […]